Preparação

Introdução

Quando tomámos esta decisão, ainda não sabíamos bem tudo aquilo que era preciso preparar para fazer uma volta ao mundo.
Depois de explorarmos vários sites, blogs e livros de pessoas que estão a fazer (ou já fizeram) o mesmo, começámos a perceber que ainda tínhamos muita coisa para fazer.
A parte mais divertida foi a altura em que começámos a fazer a lista dos sítios e países que mais gostaríamos de conhecer. Depois, juntámos a isso quanto tempo poderíamos viajar e com que orçamento.

Em baixo, podem encontrar alguns temas do que nós fizemos e preparámos antes de começar a viagem:
Quanto tempo, que países visitar, quando/por onde começar, consulta do viajante (vacinas), passaportes, vistos, que banco escolher, rescisão de contratos de trabalho, onde deixar os nossos pertences, …

Quanto tempo?

Claro que esta pergunta é sempre relativa, pois depende de vários fatores. Entre eles: o orçamento e os países que pretendemos visitar. Pois bem, achamos que vamos necessitar entre um ano e meio a dois anos para irmos onde queremos.

Que países visitar?

Achamos que no geral esta decisão foi unânime. Como é óbvio vai haver mudanças de planos ao longo desta aventura, pois existem alguns países que ainda não sabemos se será possível visitar.
Os países que queremos visitar são: China, Japão, Tailândia, Myanmar, Laos, Camboja, Vietname, Índia, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Moçambique, Tanzânia, Brasil, Argentina, Chile, Perú, Bolívia, Costa Rica e México.

Quando e Onde Começar?

Com mais de 6 meses de antecedência, decidimos que iríamos começar a nossa viagem no mês de setembro de 2017. Para decidirmos quando começar, juntámos várias informações úteis sobre os países, como por exemplo: o clima (chuva), época com mais turismo (preços mais altos), festivais culturais que queremos participar, … Depois de colocarmos toda esta informação num ficheiro Excel que o João realizou, com base em outras fontes, chegámos à conclusão que iríamos começar pela Ásia, mais específicamente pela China.

Consulta do viajante

Depois de termos uma ideia geral dos países onde queríamos ir, decidimos marcar a consulta do viajante para levarmos as tão dolorosas vacinas e sabermos que medicamentos e precauções seriam necessárias.
Vacinas necessárias para os países que vamos viajar: febre amarela, raiva, encefalite japonesa, hepatite A e B, febre tifoide, tétano e poliomielite.

Passaportes e Vistos

Felizmente, Portugal tem acordos com muitos países. O que significa que para viajar em muitos países, só é necessário o passaporte, como por exemplo: Japão, Tailândia, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul, Argentina, …
Mais uma vez, para termos uma ideia geral do que necessitamos, decidimos colocar esta informação num ficheiro Excel.

Qual banco escolher?

Na maioria dos bancos europeus, levantar dinheiro quando se viaja em países da moeda euro não se tem nenhuma taxa acrescida.
Por outro lado e principalmente quando se viaja fora da Europa essas taxas são demasiado elevadas, nós tivemos essa experiência com o nosso banco ING, quando fomos a Marrocos.
Sinceramente, se estivéssemos a viajar por um curto espaço de tempo talvez nem pensássemos nisso, mas viajar durante um longo período de tempo fez-nos refletir sobre esta questão.
Depois de alguma pesquisa, vimos que existem alguns bancos online, como o Revolut ou N26. Nós escolhemos o Revolut, pois para o adquirir só tivemos que pagar o transporte do cartão de 6 euros cada um, é um serviço de confiança e as taxas para levantar dinheiro são bastante vantajosas.